Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Lisboa’ Category

Para quem não conhece, os Gato Fedorento são um grupo de humoristas portugueses. Humor nonsense, estilo Monty Python, e é ótimo. Uma das temporadas do programa deles se chamava Série Lopes da Silva. O que significa que todos os personagens que apareciam na história tinham o sobrenome Lopes da Silva.

E daí que nos arquivos da Inquisição de Lisboa tem uma carta de denúncia muito engraçada (mesmo sem a intenção de ser engraçada), do século XVIII. É que quase todas as testemunhas nomeadas pelo denunciante se chamam Manoel. Aliás, o próprio denunciante se chama… Manoel!

O trecho vai mais ou menos assim:

…e disso são testemunhas Manoel Dias, Manoel João Vinagre, Manoel F… (sobrenome ilegível), Simão Dias, Manoel Vaz de Abreu e Manoel Nogueira.

– Manoel da Silva

Quem sabe o denunciante não se chamava Manoel LOPES da Silva? :D

Read Full Post »

Fui pra Bélgica apresentar um trabalho numa conferência sobre português. Confesso que Bruxelas foi meio decepcionante, o centro histórico era muito pequeno e no fundo era apenas uma cidade grande e cinza. A conferência na verdade foi em Ghent, cidade na parte flamenga e bem mais simpática. Olha só o meu amiguinho no castelo lá, onde tinha um Museu da Tortura:

Ghent é uma cidade de universitários. Mas diferentemente de Barão Geraldo, é uma cidade universitária toda medieval, e repleta de bicicletas. E com mais de 300 tipos de cerveja! A de cereja, a de framboesa e especialmente a de pêssego (pêcheresse) são sensacionais.

Na volta para o Brasil, parei em Lisboa para rever os amigos que ainda estão lá e comemorar o meu aniversário no Bairro Alto. Foi um pouco estranho voltar; a residência universitária onde eu morava continua tendo o mesmo cheiro. Os sons da Baixa continuam os mesmos (exceto pelo cara do realejo que ficava na Rua Augusta, que costumava me acordar todos os fins de semana com a mesma música tocando à exaustão, e de quem não ouvi uma nota sequer agora). A maioria das pessoas também continua a mesma, o que é bom.

De fato Lisboa continua muito boa. O clima agradável (18 graus contra 6 de Ghent), a comida boa, os bares do Bairro Alto, etc. Só não senti muita falta daqueles funcionários mal-educados do aeroporto de Lisboa. Não entendo de onde vem tanto mau humor.

Em tempo

A TAP não extraviou nem atrasou minha mala nenhuma vez! É um verdadeiro milagre!

Read Full Post »